Amigos,
 
Esta parada estratégica está me fazendo bastante bem. Não foi apenas com o blog que parei. Parei também com outras atividades que me enchiam o dia e encurtavam o tempo para cuidar de mim, o que estava me estressando bastante. Também o meu perfeccionismo, que além de tudo, me obrigava a manter em dia as visitas a todos os blogues amigos, tomava bastante do meu já escasso tempo. Assim, deixando de lado uma coisinha aquí, outra alí, estou voltando a outras atividades que me trazem outros tipos de prazeres. Por exemplo: voltei a ler, coisa que estava fazendo muito pouco, apenas alguns minutos antes de dormir. Agora leio à tarde, sentado à janela, com uma música de fundo gostosa. Ou então, levo o livro para o parque e sento-me à sombra de uma árvore ou sob um caramanchão carregado de flores, com pássaros cantando ou voando em volta de mim. Também tenho conversado um pouco mais com as pessoas e dedicado um pouco do meu tempo ao convívio com elas, coisa que quase suprimira da minha vida nos últimos meses. Estava virando um ermitão, saindo de casa apenas a trabalho e aquí dentro, direto no computador.
 
Tenho mantido uma certa frequência nas visitas aos blogues amigos. Não no mesmo ritmo anterior, mas vou visitando dois, três ou quatro por dia. Tenho privilegiado os visitantes de minhas janelas, até mesmo por questão de gratidão, pois suas palavras de carinho e de encorajamento têm me ajudado bastante a suportar as aflições causadas pela depressão. Mas acredito que mantendo essa média diária, pouco a pouco vou visitando a todos os que estão entre os meus preferidos. Ah! Tenho conquistado mais alguns novos amigos também. São pessoas que entram pela primeira vez, cuja visita retribuo e acabo me encantando com um novo espaço e textos que me tocam o coração. Alguns acabam sendo linkados e outros ficam na lista para ver se a "química" permanece.
 
E isso tudo tem me feito bastante bem, ando me sentindo mais leve, menos angustiado e até com vontade de voltar a postar. Mas estou resistindo a esse desejo para não voltar ao ritmo anterior, que estava contribuindo para tirar-me do eixo. De vez em quando, deixo algum recado e notícias aquí.
 
Por enquanto, quero apenas agradecer às inúmeras visitas recebidas e a todas as palavras de incentivo, de carinho, de preocupação que cada um de vocês tem deixado aquí. Essas palavras têm tido uma participação especial em minha recuperação.
 
Muito obrigado a todos! 


 Zeca07 - 22h42
[   ]




 

 

Amigos,
 
 
há algum tempo venho combatendo com garra e determinação uma depressão que tenta, por todos os meios, me derrubar. Só que tenho sido mais esperto e ela não tem encontrado brechas para se esparramar e fazer a festa. Estou em tratamento, com psiquiatra e medicamentos e também fazendo psicoterapia. Mas a danada é cheia de manhas e ciladas. Basta um pequeno deslize  para que, sorrateira, ela me invada e baixe minha auto-estima, tornando-me um choramingas, fracote, preguiçoso e sem vontade própria. Claro que tenho resistido! E por enquanto tenho vencido. Mas estou cansado.
 
Meu cansaço deve-se a todo o conjunto de ocupações, obrigações, deveres e sentimentos que compõem a minha vida. 
 
A empresa precisa de mim para funcionar a contento. Ela ocupa grande parte do meu dia e até das minhas noites, quando algum problema de maior monta precisa ser avaliado e solucionado, ocupando minha mente até que encontre a solução mais adequada. A administração dos estoques, sua reposição, a compra e a escolha de novos produtos, prazos e formas de pagamento, são também árduas tarefas que fazem parte do meu dia-a-dia. Contas a receber e a pagar, atrasos, cheques com problemas, etc., além do controle das contas bancárias, são outros problemas que roubam horas preciosas da minha vida.
 
Meus pais, como já sabem, são um capítulo à parte em meu rol de problemas. Depois que resolveram voltar a morar em São Paulo, aumentaram minhas preocupações com eles e estou sempre ligado e ligando para saber como estão, se estão bem, ou precisando de alguma coisa. 
 
Os amigos andam reclamando da minha falta de atenção. Desde esquecimento de aniversários, até recusa em sair para jogar conversa fora e beber um vinhozinho. Tenho me entrincheirado atrás desta telinha diariamente e, além do trabalho, nada mais tenho feito. Nem os filmes, que fazem parte das minhas preferências, tenho acompanhado. Apenas continuo lendo, dormindo, comendo, trabalhando e participando da blogosfera. Os textos que tenho publicado não são novos, são aqueles anotados em meu caderninho, lembram? Não encontro a menor idéia para criar um novo texto, um novo conto. Ando absolutamente sem inspiração.
 
Tenho pensado em tudo isso e precisei tomar uma decisão. Difícil, mas necessária. Vou dar-me um período de férias do blog. As janelas permanecerão abertas e todos continuarão sendo sempre bem-vindos, mas vou deixar de postar por algum tempo. Tempo indeterminado. Vez em quando, saudade doendo muito, dou um pulinho aquí e deixo alguma coisa escrita. Também pretendo passar, às vezes, pra fazer uma ou outra visitinha, matando um pouco a saudade que sentirei dos amigos. Talvez demore para passar em alguns blogues, mas irei visitando aleatóriamente, sem pré-escolhas, pra não achar que estou privilegiando alguns em detrimento de outros, já que gosto de cada um dos que estão aquí linkados.
 
 
Estarei com todos vocês em meu coração.
 
Até qualquer dia!  


 Zeca07 - 19h28
[   ]




 

Por que nasci?

(ou "Cara de joelho")

 

Nasci no hospital chorando muito,

gordinho e vermelho, com cara de joelho,

não hesitei: urinei no doutor,

que, sem jeito, fez cara de horror.

Nascí pronto pra ser, um ser real,

racional, normal. Poderia ser feliz,

Talvez, infeliz. Mas queria ser

alguém que sente, sempre presente,

antenado e nunca deslumbrado.

Não vim para possuir, mas para usufruir.

Não quero o poder, apenas poder ser

Um ser normal, real, racional.

E, se possível, um ser feliz.

 

Por falta de espaço (ou excesso de caracteres, fui obrigado a publicar o restante a seguir...)

 

continua...

 



 Zeca07 - 23h13
[   ]




continuação... 

 

 

Eu não nasci para ter,

Nasci para ser...

Um ser quase racional,

Um ser quase feliz,

Um ser que quer ser,

Que não quer poder ter.

O poder, consome o ser,

O ser se consome por poder...

Poder ser. Ser, por poder

Poder ser feliz...

Feliz, por poder ser

 



 Zeca07 - 23h12
[   ]





  "
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo, Pintura
Outro -
Histórico:
  01/04/2007 a 30/04/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/02/2007 a 28/02/2007
  01/01/2007 a 31/01/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/12/2004 a 31/12/2004
  01/11/2004 a 30/11/2004
  01/10/2004 a 31/10/2004
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/06/2004 a 30/06/2004
  01/05/2004 a 31/05/2004


Blogs que leio:
  ÁGUIA SERENA
  ANA
  ANDRESA
  ALF
  BEAGAY
  BRUNA
  CECI
  CLARICE
  CLAUDINHA
  CIGANINHO
  CHERRY
  CRYSTAL
  DE (AGILIZA)
  DO
  DORA
  DRIKA
  ELAYNE
  ELZA
  GIULIA
  GRACE
  HEBE
  INDIANIRA
  JANE I
  JANE II
  JEANETE RUARO
  JÉSSICA
  JÉSSICA II
  JOTA EFFE ESSE
  JU = MEDO DE AVIÃO
  JU = NAVEGANDO
  JULIO CESAR
  KARINE
  KATHY
  KEILA, A LOBA
  KERY
  LANA
  LIANNARA
  LINO RESENDE
  LOBABH
  LOBA/PALIMPNÓIA
  LUCIA MI
  LUZES DA CIDADE
  MAGUI
  MANOEL DONINI
  MÁRCIA(CLARINHA)
  MÁRCIA DO VALLE
  MARCO
  MARILIA
  MARY
  MASCARADOS
  MENSAGENS ESPIRITUAIS
  MESTRA DOS SONHOS
  MEU CARO VINHO
  MC MIGUEL
  MILY
  NANI
  NEY ALEXANDRE
  NORMANDO
  O APANHADOR DE SONHOS
  PLUTO FILHO DA PLUTA
  RAFAEL
  RAINHA DE COPAS
  ROSA
  ROSEMARI (I)
  ROSEMARI (II)
  RUBO JÜNGER
  SANDRA / AMERS
  SANKA
  SARAMAR (I)
  SARAMAR (II)
  SARAMAR (III)
  SERGIO
  SETH
  SIDPIM
  SIMPATIAEESCULACHO
  SONIA
  TANER
  TOM
  VOANDO PELO CÉU DA BOCA


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com




O que é isto?