Pobres rimas
 
Hoje não aceito farsa
nem ao menos tento
enquanto você disfarça
e sigo meu intento
meu coração esgarça
um sorriso invento
e na luz esparsa
Narciso eu alimento.
 
 
Em você não acredito
agora isto é oficial
mesmo nada tendo dito
que soasse original
como num verso maldito
de uma boca virginal
diferente do ancião bendito
com seu caminhar invernal
na contabilidade da vida credito
um único lamento final.


 Zeca07 - 11h11
[   ]




BLOGAGEM COLETIVA = Voto com Ética
 
Liderada pela Laura do Blog Caminhar 
 
 
É bastante improvável que o Apedeuta-mor não seja reeleito já em outubro próximo. Sua popularidade entre a maioria dos eleitores brasileiros está alicerçada sobre bases falsas, iludindo as pessoas que se encontram na base da pirâmide social. Essas pessoas  não percebem que a economia aparentemente forte vem se cristalizando desde governos anteriores ao do PT, onde foram sendo lançados planos de reorganização e fortalecimento das bases econômicas. Além dessas pessoas, geralmente mal informadas, existem apelos oportunistas feitos por formadores de opinião preocupados com seus mesquinhos interesses. Entre estes, que já não pertencem à base da pirâmide, encontram-se jornalistas, artistas e alguns intelectuais.
 
Encontramos também a total inapetência dos partidos de oposição que até lançaram seus candidatos - abandonados à própria sorte - o que nos deixa a triste impressão de que esta será uma eleição com cartas marcadas. O governo aproveita todo esse marasmo para nadar de braçadas na máquina eleitoral, com suas políticas assistencialistas. O legítimo representante dos intelectuais petistas acabou tornando-se autoritário como se fosse um ditador de republiqueta. E como tal, comporta-se, mantendo o povo sob seu domínio e sua vontade. Seu governo baseia-se na falta de regras previamente definidas, o que lhe permite considerar as próprias conveniências, usando-as à sua vontade. Tudo isso contraria o discurso histórico do partido. Mas isso era quando o PT era oposição. Agora o governo mantém com mão de ferro a miséria cativa da caridade oficial e, sob os pés, a desinformação e a ignorância que lhe garante a gratidão dos humildes.
 
Nem os últimos escândalos mostrando pessoas de dentro do palácio (novamente!) envolvidas com práticas inaceitáveis na tentativa de sujar as campanhas dos mais fortes candidatos do PSDB ofuscaram a imagem do presidente perante os brasileiros. Seu paternalismo, aliado ao seu indiscutível carisma, o tornam imbatível.
 
Para mudar esse quadro, não há nada mais que possamos fazer. Apenas vigiar nossa consciência e darmos nossos votos a pessoas que julguemos merecedoras de nossa confiança. Para isso ainda temos tempo de analisar e avaliar os demais candidatos a senador, governador e deputados federais e estaduais. E, como repito sempre, anotarmos em nossas agendas seus  nomes, partidos e números para podermos fiscalizar seus trabalhos e reclamarmos os resultados. É nosso dever cívico a permanente a mobilização em torno daqueles que elegemos como nossos representantes. É importante nos conscientizarmos de que a política É parte de nossas vidas. E como tal, devemos cuidar dela, como cuidamos de outros aspectos.
 
Vote com consciência. Fiscalize e cobre seus candidatos.
 


 Zeca07 - 21h40
[   ]




 

 



 Zeca07 - 10h46
[   ]




 
  
 
Pausa
 
 
Hoje quero gritar e emudecer.
 
Preciso urgente de uma pausa
nestes pensamentos sem fim
que mergulham profundos
no pouco que restou de mim.
Minha metade viva grita
horrorizada com os homens
enquanto a outra dormita
sonhando com anjos e elfos
que vivem no meu jardim.
Às vezes ambas, despertas,
se confundem e se engalfinham
incapazes de conviver em harmonia
com as próprias (in)diferenças.
Um anjo sussurra entre as flores
segredos de um bem viver
e um elfo voa contente
com borboletas sobre jasmins.
Um zumbido forte se ouve
rasgam-se pétalas de flores
e fere-se o tronco do Ypê
com uma bala perdida
vinda não sei de onde
sem como nem por quê.
Porisso preciso da pausa
no alto da mais alta montanha
sem vizinhos nem construções.
Apenas o barulho do vento
e das águas de um riacho
do canto agudo dos pássaros
e da folha morta adubando o chão.
 

 
Não esqueça: no dia 25/9 haverá uma "Blogagem Coletiva" sugerida pela Laura do Caminhar, falando sobre Ética, para mostrar que os blogueiros querem mudar os políticos e o país.
Sua ajuda é importante!
Escreva, espalhe, divulgue.
 
Participe!
 
 
 
 
 


 Zeca07 - 22h13
[   ]




 
Voto com ética. Posted by Picasa
 
 
Faltando pouco tempo para as eleições, a Laura do Caminhar está mais uma vez liderando uma blogagem coletiva, desta vez falando sobre ética na política. Todos os blogueiros do Brasil estão convidados a participar e a data escolhida é 25 de setembro. 
 
"Blogs de todo o Brasil estarão envolvidos nesta blogagem, chamando a atenção para a questão da ética, dando sugestões e esclarecendo posições. Tudo para que tenhamos políticos éticos, honestos e responsáveis.
Participe! Você estará ajudando a melhorar nossa política, nossos políticos e o Brasil.
Você pode, também, ajudar na divulgação da blogagem coletiva: conte para seus amigos, espalhe nos blogs que lê, coloque nas listas que participa.
Vamos mostrar que os blogueiros querem mudar os políticos e o país.
Cada um escreve o que quiser, não necessariamente sobre política, pode ser sobre ética em geral."
 
Eu estarei nesta blogagem. E você?
 
 
 


 Zeca07 - 11h37
[   ]




 
 
ACENDENDO UM INCENSO DE ROSAS BRANCAS
(é bom para a tolerância, a compreensão e a paz)
 
 
 
- Sábado, três e pouco da tarde, num supermercado:
 
estou tirando um carrinho para compras quando chega uma moça grávida com a linda filhinha pela mão. Ofereço o carrinho, a garotinha abre um enorme sorriso, diz "bigada tio" e sai, saltitante, com a mãe. Num dos corredores, cruzo com as duas e a garotinha, abanando as mãozinhas para mim, diz "oi, tio"...
Passando pelo setor de carnes, vejo a moça na fila e, por perto, a menininha conversando animadamente com um garotinho que aparentava ter a sua idade. No mesmo momento, uma moça com cara de poucos amigos puxa o garotinho e diz, bem alto "quantas vezes preciso dizer que não quero ver você conversando com essa gente?" A moça grávida chama a filha, segura sua mãozinha e ficam, caladas, aguardando sua vez na fila da carne.
 
Detalhe 1: mãe e filha são negras;
Detalhe 2: mãe e filho são brancos;
Detalhe 3: nada confirma ambas as maternidades. Eu apenas supuz...
 
Existem coisas que me irritam profundamente. Uma delas é o preconceito. Qualquer tipo de preconceito.
 
Embora tenhamos sido criados num mundo onde ainda imperam discriminações geradas pela intolerância às diferenças, é passada a hora de nos conscientizarmos que a diversidade não nos diferencia como seres humanos. Nossas diferenças nos enriquecem, pois podem ser vistas como veículos de aprendizado e de integração.
 
As crianças, em geral, não se deixam guiar pelos preconceitos. Se gostam, simplesmente gostam. Ou não. Pronto! Fácil assim! Mas vão sendo moldados pelos pais, professores, sociedade. E de repente, são atacadas pelo vício milenar de separar as pessoas, seja pela cor da pele, formato dos olhos, religião, preferências pessoais e sexuais e tantas outras diferenças.
 
A garotinha crescerá sentindo-se discriminada pela cor de sua pele. E acabará criando seus próprios preconceitos, juntando-os aos aprendidos no meio em que vive. E o garotinho tem de tudo para tornar-se mais um racista prepotente e, talvez, veículo de outros tipos de preconceitos.
 
Que o aroma das rosas brancas traga tolerância e compreensão aos nossos corações. E que ajude a germinar a flor da paz.
 


 Zeca07 - 22h46
[   ]




 
OUVINDO BACH
 
 
- Terça-feira, final da tarde, em casa:
 
Uma amiga aparece para uma visita e para devolver o Livro "O 3º Travesseiro", de Nelson Luiz de Carvalho, que havia lhe emprestado há dois dias.
 
Espantado com a rapidez da leitura, perguntei o que achou do livro.
 
- Eu só lí o começo, mas o assunto...
 
- ... ???
 
- É! Eu não curto esses assuntos... (voz embargada).
 
- Mas, Míriam... você é tão aberta, tão bem informada... o que específicamente te incomodou no livro?
 
- Eu prefiro não falar sobre isso (olhos úmidos, voz quase sumida).
 
Levantei para mudar o CD e ela pediu que mantivessa Bach. A conversa não fluía. E somos bons amigos, de longa data! Levei-a para a cozinha, comecei a preparar um café e serví um delicioso bolo de cenoura, coberto com chocolate, que ela adora. Ao fundo, o som inconfundível de Bach.
 
- Sabe por quê eu não quis continuar lendo o livro?
 
- ?
 
- É que tenho um problema que não comento com ninguém, mas minha alma anda angustiada e, se não desabafar, acho que vou enlouquecer.
 
- Se quiser conversar a respeito...
 
Num rompante, ela colocou para fora tudo o que estava machucando o seu coração. Chorou bastante - desabafou.
 
Depois que se acalmou um pouco, argumentei:
 
- Se o seu filho está bem e é feliz, acho que não existem problemas. Apenas o seu orgulho de mãe está ferido por imaginar nunca ter uma nora, ou netos correndo pela sua casa. Por outro lado, ele é um rapaz excelente, estudioso e trabalhador. O amigo dele também parece ser uma pessoa de bem, dono do seu próprio negócio e respeitado por todos que o conhecem. Se eles se sentem bem juntos e se isso faz o seu filho feliz, porquê lutar contra? Você ama o seu filho e quer o melhor para ele. Será que o melhor não é viver esse relacionamento? Se ele conversou abertamente com você, ele não estará querendo a sua aprovação, a sua aceitação? Pense nisso! Com todo o seu amor de mãe...
 
Conversamos longamente sobre o assunto. Comemos mais de metade do bolo e fiz café fresco umas três vezes.
 
Isso aconteceu há uns dois anos. Ontem ela esteve em casa com seu novo namorado, contando que estão se preparando, os quatro, para uma viagem pela Europa. E quando voltarem, o filho irá morar com o namorado em um apartamento que compraram juntos.
 
Antes que me esqueça: mandei preparar novamente o bolo de cenoura com calda de chocolate que ela tanto gosta. E novamente estávamos ouvindo Bach...
 
 


 Zeca07 - 19h16
[   ]





  "
 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, English, Livros, Cinema e vídeo, Pintura
Outro -
Histórico:
  01/04/2007 a 30/04/2007
  01/03/2007 a 31/03/2007
  01/02/2007 a 28/02/2007
  01/01/2007 a 31/01/2007
  01/12/2006 a 31/12/2006
  01/11/2006 a 30/11/2006
  01/10/2006 a 31/10/2006
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005
  01/01/2005 a 31/01/2005
  01/12/2004 a 31/12/2004
  01/11/2004 a 30/11/2004
  01/10/2004 a 31/10/2004
  01/09/2004 a 30/09/2004
  01/08/2004 a 31/08/2004
  01/07/2004 a 31/07/2004
  01/06/2004 a 30/06/2004
  01/05/2004 a 31/05/2004


Blogs que leio:
  ÁGUIA SERENA
  ANA
  ANDRESA
  ALF
  BEAGAY
  BRUNA
  CECI
  CLARICE
  CLAUDINHA
  CIGANINHO
  CHERRY
  CRYSTAL
  DE (AGILIZA)
  DO
  DORA
  DRIKA
  ELAYNE
  ELZA
  GIULIA
  GRACE
  HEBE
  INDIANIRA
  JANE I
  JANE II
  JEANETE RUARO
  JÉSSICA
  JÉSSICA II
  JOTA EFFE ESSE
  JU = MEDO DE AVIÃO
  JU = NAVEGANDO
  JULIO CESAR
  KARINE
  KATHY
  KEILA, A LOBA
  KERY
  LANA
  LIANNARA
  LINO RESENDE
  LOBABH
  LOBA/PALIMPNÓIA
  LUCIA MI
  LUZES DA CIDADE
  MAGUI
  MANOEL DONINI
  MÁRCIA(CLARINHA)
  MÁRCIA DO VALLE
  MARCO
  MARILIA
  MARY
  MASCARADOS
  MENSAGENS ESPIRITUAIS
  MESTRA DOS SONHOS
  MEU CARO VINHO
  MC MIGUEL
  MILY
  NANI
  NEY ALEXANDRE
  NORMANDO
  O APANHADOR DE SONHOS
  PLUTO FILHO DA PLUTA
  RAFAEL
  RAINHA DE COPAS
  ROSA
  ROSEMARI (I)
  ROSEMARI (II)
  RUBO JÜNGER
  SANDRA / AMERS
  SANKA
  SARAMAR (I)
  SARAMAR (II)
  SARAMAR (III)
  SERGIO
  SETH
  SIDPIM
  SIMPATIAEESCULACHO
  SONIA
  TANER
  TOM
  VOANDO PELO CÉU DA BOCA


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!


Weblog Commenting and Trackback by HaloScan.com




O que é isto?